Olgária Chain Féres Matos http://lattes.cnpq.br/3457051894936314

Última atualização do Lattes: 07.05.2021

Campus: GUARULHOS
Nomes de citação: MATOS, O. C. F. / MATOS, OLGÁRIA CHAIN FÉRES
Mestrado: 22
Doutorado: 22
Pos-Doutorado: 0
Outras: 0
  • Trabalho Técnico (8)+
    • Ano
      2009
      Título
      Parecerista da FAPESP
    • Ano
      2009
      Título
      Parecerista da CAPES
    • Ano
      2009
      Título
      Parecerista - Editora UNESP
    • Ano
      2009
      Título
      Parecerista - UNIFESP
    • Ano
      2009
      Título
      Parecerista - Fundação de Amparo à Pesquisa da Bahia
    • Ano
      2006
      Título
      Comitê Editorial da Revista da Associação Cultural Babuska, Cinemateca de São Paulo
    • Ano
      2006
      Título
      Participação no Comitê Editorial da Revista da Faculdade de Educação da USP
    • Ano
      2006
      Título
      Comitê Editorial da Revista Taziz do Departamento de Letras Orientais -Árabe
Tempo história democracia Política Razão liberdade cultura Filosofia Natureza violência Poder Revolução modernidade educação Mercado Ética fetichismo utopia identidade melancolia Cidade Memória estado de exceção espaço Ciência Walter Benjamin imaginação Mídia Literatura Sujeito Sociedade Experiência Trauma verdade igualdade mercadoria indústria cultural amor Autonomia capitalismo exclusão tédio Mito alienação Universidade direito Ideologia Imagem TÉCNICA Iluminismo Consumo aceleração amizade contemplação Família trabalho barroco Realidade autoridade Esquecimento Monotonia marxismo aura consciência Valores Entretenimento Não-Violência totalitarismo Presente tradição Subjetividade Retórica Civilização Conceito república alegoria Civilidade espaço público dialetica medo poesia nazismo Servidão Ficção Tecnologia comunicação Viagem Felicidade futuro Representação Metáfora especulação Fronteira Crítica humanismo sonho arte massa RACIONALIDADE Religião Paul Ricoeur Identidades Paixão socialismo Desejo hannah arendt Tradução Descartes feminino Morte ressentimento linguagem barricadas avaliação prazer valor-de-uso Pensamento Soberania Dominação Mística livro niilismo Publicidade fantasmagoria aparência MARKETING POLÍTICO moral Informalidade progresso Metodo Exílio Kant cinema ditadura Decoro Nomeação guerra Fetiche Narração despolitização catástrofe sociabilidade controle percepção Poética Geometria Humanidades Ethos senso-comum visão estruturalismo destino Escola de Frankfurt movimento estudantil Abstração Formação passagens celebridade Direitos devir Ceticismo privatização ciúme escândalo intuição Cosmopolitismo absurdo Pessimismo Mundo Sagrado Ecologia Democracia direta ação Eros responsabilidade Cidadania Desenraizamento emancipação anti-parlamentarismo Sofrimento Desterro recordação espetáculo acaso Lembrança insignificância Realismo heroísmo massificação Tempo livre corpo Teatralidade politesse Angústia Artes sensacionalismo Sensibilidade distração marketing vontade fotografia indivíduo biblioteca saber Esquerda Dignidade AGRESSÃO redenção conhecimento fragmentação estética Conflito Hospitalidade Pobreza Benjamin desenredo integridade herói eu crise Narrativa crença principio de realidade loucura logos Olhar neo-clássico bovarismo Leitura Sartre Revolução Russa educação publica moderação mentira estrangeiro limbo jurídico Drama Democratizacao o belo novo rico efêmero Tragédia Falsidade Comunidade iluminação alteridade Estado citação Língua pensamento analítico particularismos curialistas Judaísmo culture de masse Estoicismo Mimesis Contemporaneidade leituras formadoras Amigo-inimigo Montesquieu Dualismo infantilização estado-de-exceção aceleração do tempo Música Nietzsche Nacionalismo sociedade civil Infância Teologia Persona Magia paradoxo narcisismo Esclarecimento Negação Indústria polis SISTEMA Cuidado função pública nostalgia Cidadão Sexualidade virtudes Perversão Automato Humilhação impaciência Idealização Lugar mania Physis Artifício Teologia-política palavra instrumental personalidade manipuladora Visualidade Integração Indeterminação Metafisica repressão idolatria medium de reflexão Ócio Passividade Juventude neo-antigo Camus direito à literatura Fe pressa profecia Positivismo Cristianismo Separação fondamentalismes Profanação culture pop opressão Lógica pré-política interpretação Passado Depressão Wlater Benjamin lembranças despersonalização lucidez amores breves profano Disciplina Forca Lei pacto social Dever Cultura de massa Inovação fantasma eremitas tempos heterogênios particularismo astrologia Natura atenção Corpo Morto paisagem adoecimento do afeto dessubjetivação potência transitoriedade Texturas Preguiça CARICATURA Cidadania Cultural Preconceito Engajamento relações inter-institucionais horóscopo Racismo humanidade culpa Reflexão Pragmatismo Escrita Emoção Vida Thomas Hobbes vazio Islamismo virtude Analogia catástrofe da significação ética hiperbólica espírito Inteligência saturação da informação princípio de prazer acolhimento romantismo polissemia imagética e conceitual Individualidade mal-estar na cultura Exploração Patologia do tempo desalienação inocência simbolização Dúvida Temporalidade capital Marx vítima Contingencia luta simbólica miragens padronização do gosto Industrialização crítica das origens Psicologia equilíbrio profissão incivilidade W Wenders propaganda seitas Bildung Etmocentrismo imagens evidência Ciúmes Centro Zeit-traum Sacrifício cultura média midiática Ação política Platonismo Identidade Nacional inconsciente moral Rousseau W Benjamin sísifo Imaginário Comemoração Etmiologia Fitchismo consanguinidade Existencialismo fim da intimidade memesis desencantamento cultura, tempo, leitura, amor moderno, crítica do presente, dignidade, democraci utopia, criação política, transformação. o simbólico patologia Publicação FAMA ansiedade social Platão Conservadorismo religiosidade direitos humanos maCarthismo peoplelização Luta Liberdades democráticas repertório estético direito à cultura teodiceia financeirização Produtivismo sociedade de informação revolução mítica Geografia Democratização do Acesso guerra de todos contra todos pensamento do negativo produtividade universidade moderna espaço público alternativo boas-maneiras nouvelle-vague Caio Graco Prado atraso Educação-Formação Historicismo Processo Tempo Disruptivo anatomia homem-humano pedagogia desencantamento, insignificância, aura. Surrealismo xenophilie Profissionalização teo-prein, o olhar do deus habitar, morar, razão messianismo, revolução, memória, perdão original, transcrição, expressionismo lingüístico nazismo, universidade, exílio interno e externo desentendimento, desconfiança, sociedade, consumo. imaginação, canatus, paixão, imitação Uno neopragmatismo Claude Lefort Estado Universal historicidade rackets Canção História Oral imagens transformadoras GRUPO a prosa do espaço razão de gratificação simulacro, intensidades, polifonia. Historiador bio-poder Mitologia cosmos cristão analítica da finitude Substância falência da crítica arqueologia migração Encantamento Consolação Europa Oriente pseudo-formação documentário Arquivo dialogia Republicanismo teoria Wenders dignidade da política técnica, tecnologia. Obra-Prima Hegemonia Lei de incentivo à cultura Ontologia Choque Vício ONEIROS visível moda bio-política lei moral Sofrimento social sifismo Anacronismo firmitas espelho do príncipe informação esquizofrenia Soberania, direitos humanos, democracia, burocraci psicologia dos grupos intermitentes trágico buon governo Absolutismo Medicina Regras cosmos medicina e arte de viver escassez artificial filosofia universitária desleixo Comportamento Culpabilidade adoecimento do contato zoé estrutura teor coisal habitar original Tradado de Tordesilhas transgressão o que é ensinar filosofia coragem voto resiliação silere Dogmatismo tirania haxixe gnosticismo mulheres Greve atrofia do pensamento Imperialismo desengajamento FILÓSOFOS-POETAS (PLANTÃO) nudez Povo elitismo Reforma FOTOJORNALISMO Hoffmann Vidência Recalque periferia transformações Sedução Wlimar antropologia Diálogo cultura pop, arte, história. anti-platônico vestígios dom e contra-dom maneiras escopia ILUSÃO hidridismo pedra Participação Sapiens Esperança Estalinismo crepúsculo do dever desprofissionalização da política o institucional dessocialização desvalorização dos valores Spleen Ciências Humanas Flânerie Delinquência patologias da comunicação Dante França superficialidade Luta de classes Fascismo identidades provisórias temporalidade pública Auschwitz administração surrealismo dos fatos revolução histórica Patentes Intelectual Competição mal radical Pós-modernidade empresa Sociedade de Massas o tempo universidade pós-moderna cultura da incuriosidade desejos fracasso filme noir instante Metamorfose Troca Imitação Ordem libertação Social cultura judaica educação e cidade neutro Nationalismus abundância máximas morais visão, valores Matéria Ordem Mundial psicanálise dependência Cultura Juvenil incomensurável história oficial shopping-certers análise do Eu a prosa do tempo crise da memória Teoria Crítica profetiza cosmos científico auto-conservação instinto Internacionalismo universalismo autonomia da arte Genealogia trabalho vazio sociedade burguesa mediterrâneo Ocidente impessoalidade crônica Encontro Horkheimer cultura universitária na República de Weimar vergonha Direita racionalidade científica Inconsciente correspondência guerras de religião grande recusa egoísmo gnose Particular Classe invisível Pulsão onipotência Ritual utilitas entimema Juízo censura Fortuna Hegelianismo Semana Santa FREUD Contradição ponderação sombra Platão e pharmakon frustação gualdade pela filosofia fora da universidade aprimoramento da democracia ruralização Internet Inferno Eficacia Époché PERFORMANCE esfera pública Injustiça o feminino bios teor de verdade eternidade morar Transcriação normas imaginárias companhia desatenção limite Historia da Filosofia capitalista democracia política Domicilio tacere Medida desfiliação pai humilhado Quantificação USP faculdade de julgar perda da responsabilidade indústrias da cultura autenticidade cultura teórica assembléia do povo Populismo protestante auto-retrato Kafka Outro Dramaturgia harmonia Storyteller Razão abstrata HOMEM Conversação servidão voluntária surrealismo moral Inteligível transliteração exibição Funcionalismo Desigualdade burocracia imigracao Isolamento paixões interesse desresponsabilização Homo Sacer Ética e Política ABULIA Imagens do Desejo capitalismo pulsional gosto sentido flexibilização das leis teísmo sem Deus dandismo da indiferença Condição Humana Relações Sociais crítica do presente militarismo Afasia ironia civilização dos costumes insubstituições causalidade Criminalização contrato social sociedade de classe a arte razão instrumental gratidão Evento escolha êxito punctum Fisiognomia mulher Espaço e Tempo Nação Texto desejojs evocação misticismo cultura e encantamento Competência indiferença pendantifs Unterschiedlihkeit Escassez esquerdas expressionismo bom senso desencantamento da cultura Romance Richard Rorty efetuação Jean-Paul Sartre resistência religião] urbanidade industrial República de Weimar objeto histórico Modernização Moralidade filosofia alemã razão crítica Cor histórias Questão Feminina reprodução setentrional movimento Adaptação perda John Stuart Mill Carlos Drummond de Andrade Adorno Mestiçagem língua média indiferença política repetição intelectualização Militância mimetismo lógica da razão e do sentimento Epistemologia monarcômacos ato radical distração esclarecida mediocridade geometria cósmica pos-estruturalismo brevidade do amor animalidade Trabalho Abstrato idade de ouro Figuras venustas Fábula opinião identidade regional dor design dissonâncias Dissonância governo misto A luz símbolo duplos idealizações o corpo na pintura políticas sociais o possível e o necessário elite Especialização refundação partidária Neo-Liberalismo Vivência Privilégio Transitório Posse Mídias Neutralidade afetiva interesses Figura amigo/inimigo despolitização da política mutação antropológica da sociedade crepúsculo o olhar do deus pressionismo lingüístico exílio interno-externo educação literária regressão jurídica ilimitação ético guardião democracia institucional ocupação alemã interessante maiêutica alquimia vegetarianismo agora da cognoscibilidade Pesquisa Direitos-da-Natureza Natureza inorgânica fflch autonomia de pesquisa vínculo politeísmo dos valores Paul Valery física quântica consumo de drogas gestão democracia representativa ambiguidade Flâneur MASCULINO desumanização CRÍTICA DO PROGRESSO CAPITALISTA Langeweile perda da experiência Determinismo Acadêmico mal-estar bulimia Thomas Mann homogeneidade Personalidade Autoritária dívida perda do mundo comum Contra-cultura Convivência superstição cultura formal Feminismo Barbárie liberdade e consumo vicios e virtudes anti-poder Reprodutibilidade definição mérito anti-intelectualismo Educação formal pseudo-solidariedade Especialista cultura de massa e deseducação ética corporações filosofantes exercício Delicadeza Mal pedantifs Eugenia razão árabe Habermas Castoriadis recusa da educação Reparação digitalização construir arcaico ser para a morte virtual Acidentes meridional Instrução Pública hassidismo conceitos visuais decoração Epicurismo Máscara alucinação Kierkegaard dedução Estado de Natureza concreto pirronismos existência marcas Psicologia da Pessoa Obediência A noite deslimite modernidade pentecostal medicina como fundamento das ciências do homem utopias e sua realização saberes letrados o masculino reificação dignidades dos políticos vontade de poder hedonismo saberes transformadores da consciência Metrópole pré-moderno dimensão ética da leitura desconfiança humildade Hamlet Universidade Cultural medo do desconhecido resilencia imunidade memória do empréstimo Proteção pelonexia Rosa-cruz amor próprio Necessidade energia atômica Extensão delírio proliferação das éticas poeta previlégio mercados religiosos legitimação dispersao legalidade amor cortês fidelidade Ennui desartização heterônimos ataraxia educação média midiática crítica da cultura Museu nomos genocídio cultural militarização da universidade contra-poder vocação surrealidade perda de sentido fantasmagorias aspereza crença na infabilidade profetas capitalismo moderno figuração efetivar-se natalidade Direitos sociais enraizamento conversão desrecalque laços Fundamentos montagem moral provisória libido pacto cultura popular DESPERTAR velocidade dialética do iluminismo Sentidos não-alinhamento Inconsciência universalização pluralidade banalização PÓS-MODERNO Agitação saturação neurose busca da felicidade Contenção mártir acedia arrogância obsessão de origens temperança Corrupção amor de si filósofos (Shakespeare) Tempo Cosmológico desaparecimento do sentido do sagrado Conservação Segredo mundo intelectual Consumidor mundo burguês Safo escultura de si possível Luxo Greve geral destruição presente perpétuo democracia selvagem empresariamento perdão doxa paz dadaísta máximas filiação revolução alemã Liberalismo Simbólico encantamento do mundo lenismo futurismo racionalismo Regressão Incerteza Laço Social Instituições públicas fliantropia Espinosa promessa ceticismo antigo claustrofilia Baudelaire Transcendência demos
CTIT UFMG